Mulher grávida

Posso pintar o cabelo amamentando ?

Os períodos de gravidez e lactação estão entre os mais importantes na vida de todas as mulheres. Neste momento, é especialmente importante monitorar sua saúde, porque tudo afeta o bebê. Mãe expectante deve comer direito, não use cosméticos nocivos, medicamentos. É dada especial atenção aos cosméticos para cuidados com os cabelos.

As mulheres modernas geralmente estão interessadas em saber se é possível pintar o cabelo durante a gravidez e a alimentação. De fato, durante esses períodos, a saúde deve ser tratada com muito cuidado. Quando posso usar compostos corantes? Durante a menstruação, você não deve usá-las, pois pode ocorrer um mau funcionamento no sistema hormonal.

COLORAÇÃO E AMAMENTAÇÃO

Se você usa maquiagem química, o corpo a absorve muito rapidamente. Portanto, a tinta afeta negativamente a pele, pulmões, sistema digestivo. Ao alimentar um bebê, deve-se tomar cuidado para não prejudicá-lo.

Atenção! Tingir cachos durante a alimentação é prejudicial à saúde. Por que é impossível executar o procedimento neste momento? A tinta pode causar alergias na mãe ou no bebê.

AÇÃO DE PINTURA

Um sistema hormonal instável durante a gravidez e a lactação pode afetar a mudança na cor natural do cabelo. Nas loiras platinadas, pode-se observar um escurecimento dos cachos em três tons. E com fios escuros, isso não será perceptível. Portanto, ao carregar um filho, esse processo pode ocorrer e é considerado normal. A eliminação dessa deficiência pode ser realizada pela coloração do cabelo.

É impossível colorir o cabelo durante a alimentação, pois pode aparecer:

  • alergias
  • cor não uniforme em comparação com a declarada;
  • perda de cachos ou alopecia.

A jovem mãe na fase pós-parto precisa de recuperação, porque o corpo está enfraquecido. Portanto, ele reagirá fortemente a produtos químicos, alérgenos. Neste momento, mudanças estão ocorrendo no sistema hormonal, que afeta a esfera emocional. Isso é caracterizado por estresse severo, que afeta a deterioração dos fios.

O estado psicoemocional é a principal razão para a perda de cachos durante a alimentação. Também pode ser afetado por uma deficiência de oligoelementos. Aparecem alergias, caspa, pele seca. Não use tinta devido ao risco de agravar a situação em que pode ocorrer precipitação difusa.

O cabelo fica seco, quebradiço e termina – pontas duplas. Os médicos também não recomendam o uso de corantes durante a alimentação. Isso se explica pelo fato de os produtos químicos penetrarem rapidamente no trato respiratório. Após meia hora, amônia, toxinas penetram no sangue, especialmente durante o procedimento em uma sala fechada. Portanto, fios de tingimento não são recomendados.

Ventile bem a sala antes de pintar. O leite também deve ser decantado, uma vez que substâncias cancerígenas e voláteis entram rapidamente na corrente sanguínea. Com a coloração, pode ocorrer intoxicação em uma criança, caracterizada por asfixia, inchaço da laringe, órgãos internos, irritação da pele, membranas mucosas. As crianças pequenas sofrem muito dessa condição.
Consequências negativas da coloração podem ocorrer na mãe. Isso ocorre devido à imunidade enfraquecida, deficiência de vitaminas e mau funcionamento do sistema hormonal.

MÉTODOS DE PINTURA SEGUROS

Se for tomada a decisão de alterar a cor, é necessário pintar com meios seguros. Estes incluem xampus coloridos, compostos corantes sem amônia, corantes naturais. Você pode pintar o cabelo com hena, basma, suco de limão, caldo de camomila. Durante o procedimento, você deve seguir as dicas:

  1. É desejável pintar cachos na cabine. Para isso, é utilizado um método de coloração sem contato, no qual componentes químicos não entram na pele.
  2. Uma mãe que amamenta pode escolher o procedimento de realce ou coloração. Para isso, a coloração dos fios individuais é recuada a 3 cm das raízes, portanto, a composição da coloração não entra em contato com o couro cabeludo e, portanto, não penetra no sangue.
  3. Você precisa escolher tintas seguras. Eles não incluem amônia, ingredientes naturais. Produtos de alta qualidade, embora caros, mas sem amônia, eles também incluem bálsamos e condicionadores. Portanto, a ferramenta também terá um efeito de cuidado.
  4. Você pode usar corantes naturais. Com a ajuda do suco de limão, uma mãe que amamenta pode realizar o clareamento dos cabelos em 2 tons. Ele também é capaz de dar um tom de platina. Morenas podem usar hena ou basma. Os componentes permitem colorir os cachos em tons escuros. O caldo de camomila ajuda a clarear os cabelos e com um tom dourado. Os medicamentos para colorir são preparados com base em casca de cebola, casca de noz e chá preto forte.
  5. Após a coloração, uma caminhada ao ar livre é útil para uma mãe que amamenta para eliminar componentes voláteis. Então é necessário expressar uma porção de leite e alimentar a criança com uma mistura artificial.

Portanto, antes de pintar, você precisa pensar se deve executar o procedimento ou adiá-lo. Não importa o quão seguro seja o procedimento, a tinta ainda pode entrar no couro cabeludo. E como você sabe, os produtos químicos entram no leite, que serve como alimento para o bebê. Ele pode ter problemas com o estômago. E todo o seu corpo ainda está enfraquecido.

Atenção! Não pinte o cabelo com feridas, nem em uma sala sem ventilação. Devido a lesões na pele e trato respiratório, muitos componentes nocivos entram no corpo. Durante a alimentação, é melhor não usar esmaltes. É prejudicial para as jovens mães respirar com qualquer tinta.

Mestres de todo o mundo discutem se é possível colorir ao se alimentar. Acredita-se que não deva ser realizado, pois você pode obter uma tonalidade diferente em comparação à desejada. A tinta pode não funcionar no cabelo. Alguns especialistas acreditam que, sujeito a todas as regras de procedimento, não há ameaça para mãe e filho. Se o procedimento for seguido, apenas a mãe deve decidir. É necessário estar ciente das consequências para a saúde do procedimento para não se arrepender mais tarde. Se você não quiser prejudicar a si mesmo ou a seu bebê, é melhor colorir depois de completar a amamentação. Esta será a decisão mais segura, pois nada ameaçará a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *